[Ebook] Como montar um quiver!Powered by Rock Convert

As gírias do surf o confundem? Calma, só entende 100% quem realmente é experiente e rato de praia. São muitos os termos engraçados que a galera usa, mas é interessante que você aprenda os principais para se familiarizar.

Existe um verdadeiro dialeto utilizado por quem surfa e, geralmente, esses termos e expressões são para definir manobras, condições do mar ou qualquer outra situação que tenha ligação direta com a prática do surf. E aí, vamos conhecer melhor?

O post a seguir trará um resumão com 5 gírias que você não entende! A partir de agora, você estará pronto para entrar em um papo de surfistas sem boiar, beleza?

1. Quando o mar está “um azeite”

Relaxe porque não há nenhuma relação com o produto de culinária, a não ser com aquela aparência bem lisinha. Quando o mar está “um azeite”, é porque é seu dia de sorte e certamente você terá bons momentos em cima da prancha.

A referência é para aqueles ótimos dias em que quase não há a incidência de fortes ventos que possam atrapalhar o surf. Sendo assim, a aparência da água fica quase como a de um azeite: lisa e reluzente! Caia sem medo!

2. Quando alguém diz que hoje “tem altas”

Sua reação é pensar que as ondas estão altas? Realmente essa é a primeira ideia que vem à cabeça de quem não conhece as gírias do lifestyle de surf. Mas entenda que, quando você ouvir isso, quer dizer que o dia está propício!

Não necessariamente se trata de altura, mas de um mar bem maneiro para a prática! As ondas podem até estar altas, mas essa não é a ideia central da gíria. Ela quer expressar que hoje tem muita onda boa para uma sessão daquelas!

3. Quando o mar está “flat”

Aí, já era! Melhor voltar para casa ou ficar tranquilo na areia da praia e esquecer a sessão. Não sabe o porquê, né? Então, quando o mar está “flat”, não tem jeito. Do inglês, que quer dizer “plano”, a gíria serve para afirmar que não há ondas naquele dia.

A referência é justamente como fica a imagem do mar: liso, sem movimento e plano. Nem sinais de onda. Essa é uma das principais gírias do surf! Enfim, quando você ouvir a gíria, já pode ficar triste porque estará ruim de onda!

4. Quando alguém entuba “grebando de back”

Essa embola a cabeça de vez! Só dá para entender que alguém está pegando um tubo, mas e o resto? Calma, não é tão complicado assim. “Grebando” é uma espécie de adaptação para português do termo “grabbing”, que significa “pegando”, fazendo uma referência ao movimento em que o surfista agarra na prancha dentro do tubo.

E “back” é uma classificação usada para quando alguém está de costas para a onda. Ou seja, resumindo isso tudo, é possível dizer que essa gíria é usada para indicar que o surfista pegou um tubo segurando na prancha e de costas para a onda. Entendeu?

5. Quando um surfista for “big rider”

A galera fala com muito respeito de algum surfista “big rider” da sua área? É, realmente esse cara merece toda a moral do mundo, e o motivo é simples: ele encara ondas grandes! O termo é designado para quem enfrenta as mais altas!

Portanto, se você é iniciante, treine muito e dedique-se para, um dia, chegar a ser um big rider. Já está experiente o suficiente? Agora falta coragem!

Gostou de conhecer melhor essas gírias do surf? Elas o ajudarão a se sentir mais entrosado com a galera! Quer saber algumas dicas para surfar melhor? Temos um e-book com tudo que você precisa!

Como surfar melhor - Baixe o ebook grátis

[Ebook] Como montar um quiver!Powered by Rock Convert