[Ebook] Como montar um quiver!

O sonho de qualquer surfista é desfrutar de, pelo menos, um dia de surf no Havaí! Não é à toa que as ondas perfeitas, com direitas e esquerdas incríveis, o clima agradável e a vibe única desse paraíso no meio do Pacífico fazem do arquipélago havaiano a ‘Meca do Surf’.

Para os mais apaixonados pelo esporte, conhecer o Havaí é mais do que uma obrigação! Para os demais, no mínimo, é uma viagem inesquecível, cheia de aventuras e cenários deslumbrantes.

Por isso, a seguir vamos dar algumas dicas para você não errar e fazer uma surftrip incrível em um dos lugares mais fantásticos da Terra. Confira!

Alugue uma casa

Casa de madeira verde no Hawaii.

O mais recomendado para uma trip de surf no Havaí é alugar uma casa com a galera. Essa opção é mais segura e confortável e, no final das contas, pode sair mais barata do que pagar diárias em alguma hospedagem. Mas, se a “equipe” for pequena, existem albergues com preços bem econômicos, como os de North Shore, para quem não deseja gastar muito.

Compre um carro

Dançadirna Hula-Hula no painel de um carro.

Sim, comprar um carro usado no Havaí pode ser um grande negócio. Muitos veículos antigos ou sem uso custam cerca de US$ 500, praticamente o preço de um aluguel.

Essa opção é ideal para quem for permanecer por alguns dias em território havaiano e quiser se deslocar com tranquilidade e com as pranchas em segurança, já que nos ônibus não é permitida a entrada delas.

Escolha a época certa

Surfista'dropando' uma onda gigante

As ondas do Havaí são top o ano inteiro. Porém, se você quiser surfar longe do crowd, opte pelos meses de outubro e novembro ou entre fevereiro e março. Entre novembro e janeiro, o crowd é absurdo, o localismo impera devido às ondas maiores e a elite do surf está por lá para participar dos principais campeonatos da modalidade.

Leve seu quiver completo

Italo Ferreira exibindo seu quiver de pranchas

No Havaí, tem ondas para todos os gostos! Por isso, leve seu jogo completo de pranchas, de tamanhos variados, para você aproveitar ao máximo sua trip, pois você nunca sabe de qual equipamento poderá precisar para encarar a ondulação que vai encontrar por lá.

Tente conhecer o máximo que puder da ilha

explore

Explorar as diferentes regiões e praias havaianas fará sua viagem ainda mais perfeita. O lado sul é mais tranquilo, com ondas menores, porém mais bonito, com praias paradisíacas, também ideais para mergulhar. Mas é do outro lado da ilha que estão as famosas e perfeitas ondas de Pipeline, Sunset e Waimea.  

Mantenha sempre o respeito

Surfistas 'dropando' onda no Hawaii.

O localismo havaiano é bastante ferrenho e arraigado na cultura dos surfistas da “casa”. Por isso, sempre respeite os “donos” dos picos e espere sua vez para entrar nas ondas. Dê sempre preferência a eles e respeite para ser respeitado, sobretudo os locais. E nada de rabear quem estiver na onda. Você certamente vai arrumar um grande problema!

Cuidado com o mar

Surfista caindo de uma onda no Hawaii.

O surf no Havaí não é para qualquer um! Dropar ondas perfeitas pode ter um preço alto se você não souber onde está se metendo. As ondas e a correnteza são bastante fortes, e o mar é cheio de pedras e corais no fundo. As chances de se machucar ou ser jogado para alto-mar são grandes. Tome cuidado e se informe ou peça dicas a outros surfistas antes de cair na água.

Tome todas as precauções

kit-primeiros-socorro

E, claro, tome todas as precauções, como seguro saúde, e não se esqueça de levar seus próprios medicamentos ou kit de primeiros socorros. As chances de algum ferimento, como cortes ou arranhões, são bastante altas em uma surftrip desse tipo. Embora a ilha seja bem equipada para atender todo tipo de problema, os custos não são nada baixos.

Gostou de nossas dicas? Então comece a planejar sua trip de surf no Havaí, mas antes não esqueça de compartilhar estas e outras informações em suas redes sociais, como Facebook e Instagram. Aloha!

[Ebook] Como montar um quiver!