Quem se amarra em aventura e adrenalina sabe que andar de skate traz isso e muito mais. Porém, muitos iniciantes ficam perdidos na hora de escolher os seus equipamentos.

Para encontrar a melhor opção, é preciso antes conhecer os tipos de skates disponíveis e para quais modalidades eles são mais indicados.

Neste post, falaremos sobre 4 tipos de skates para você, seja novato ou veterano, que quer experimentar novos ares, possa escolher o melhor para o seu caso.

Confira e se prepare para o melhor rolê!

1. Tradicional

Mais conhecido por street, esse é o modelo mais conhecido de skate. Ele tem o shape — a prancha — mais fino, as rodas menores e o truck mais baixo. Ele é usado para várias modalidades, mas principalmente para manobras na rua mesmo.

Por isso, o nome street, que significa rua, em inglês. Ele, inclusive, é apropriado para usar em corrimões, bancos de praça e demais obstáculos da própria via.

2. Longboard

Skate Longboard

Abreviado para long, é muito utilizado em ladeiras e descidas de modo geral. Não apenas por ser mais veloz, mas por ter uma estabilidade maior, quando comparado com outros tipos de skate.

Na alta velocidade, em descidas, é possível fazer um slide — derrapar — usando as mãos no chão, protegidas sempre por luvas, claro, ou os pés.

E para quem pratica o esporte, escolher bem o sapato para andar de skate é muito importante. Afinal, será necessário um contato direto com os pés, e o sapato desgasta fácil e rapidamente.

3. Waveboard

Skate Waveboard

Esse é muito diferente de qualquer outro modelo de skate — e muitos o consideram o mais difícil de praticar. Não só pelo formato — mais largo nas pontas e fino no meio, como um oito ou uma ampulheta —, mas por ter apenas duas rodas!

Para andar em um waveboard, não é necessário tirar nenhum dos pés do shape, mas apenas movimentá-los em direções opostas. Assim, as rodas impulsionam o skatista para frente.

4. Cruiser

Skate Cruiser

O modelo Cruiser tem basicamente dois tipos: o cruiser normal e o mini cruiser. Ambos são como longs menores. É como se pegassem um long e o encolhessem — para o caso do mini, a redução é ainda maior.

Muitos confundem o cruiser com brinquedo, pois a maioria dos modelos é de plástico e colorida. Mas isso não passa de uma ilusão, já que se trata de um skate como qualquer outro.

Na hora de comprar um, principalmente sendo de plástico, é importante saber bem a qualidade do material de que o skate é feito, pois isso pode variar bastante.

Num extremo, é tão resistente quanto um de madeira e aguenta uma pessoa de 90 quilos pulando sem quebrar. Mas se o material não for de qualidade, o skate pode quebrar ao meio até mesmo na primeira remada!

No skate, principalmente ao fazer qualquer tipo de manobra — e mesmo para andar em linha reta —, é necessário organizar o devido equipamento de segurança! Não coloque o seu bem-estar em risco, não importando o skate nem o estilo que você pretenda seguir.

Gostou de saber mais sobre os tipos de skates? Quer mais notícias como esta, além de dicas e inspirações? Então, siga a gente no Facebook e Instagram!

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE DO BLOG!

Assine o melhor conteúdo sobre moda e cultura Surf & Skate
e Ganhe 5%OFF para usar em nossa Loja Virtual!